Passei a maior parte da minha vida a aprender com os outros. Na universidade, primeiro como estudante de ciência da computação e depois como investigador de doutoramento em aprendizagem automática e Processamento de Linguagem Natural, tentei aprender o máximo possível com algumas das mentes mais brilhantes da tecnologia.

E se há uma coisa que aprendi nos anos de estudo árduo e pesquisa, que mais tarde me levaram a ser co-fundador e tornar-me o CTO da Unbabel, é que o conhecimento tem de ser partilhado.

Na Unbabel, o impulso de partilhar as nossas descobertas é uma faceta essencial da nossa cultura. É por isso que nos certificamos de que fazemos apresentações na melhor conferência do mundo, mais recentemente na Reunião Anual da Association for Computational Linguistics. Porém, igualmente importante, incentivamos os funcionários a apresentarem os seus conhecimentos à equipa, a organizarem workshops e sessões de treino, e frequentemente convidamos especialistas de classe mundial para a nossa sede em Lisboa, para partilhar os seus conselhos e conhecimentos numa série de sessões internas.

Em pouco tempo, percebemos que isto não era suficiente. Para o conhecimento ser partilhado, precisamos de o tornar acessível a um maior número de pessoas.

Apresentando as Unbabel Talks

Por esta razão, em maio, lançamos as Unbabel Talks: sessões de partilha de conhecimento abertas ao público.

Conversas recentes foram desde a arquitetura de serviço ao desempenho da equipa, especificamente:

“Como se pode beneficiar de uma malha de serviços?” com Suhail Patel, Engenheiro de Backend da Monzo. Na sua palestra, Patel explora:

  • O potencial de novas arquiteturas de micro-serviços, como o Istio, o Envoy Proxy, o Linkerd2
  • Aumentar a fiabilidade e a resiliência dos sistemas com uma malha de serviços
  • Casos de uso de negócios concretos

Resolver o puzzle da construção de equipas de engenharia de alto desempenho,” com Ricardo Brízido, CTO da Seedrs, a principal plataforma de ações online. Na sua sessão, Brízido utiliza a sua experiência para fornecer uma visão geral realista de:

  • Princípios orientadores para a estruturação de equipas em produto, pesquisa e engenharia
  • Fortalecer a colaboração entre os membros da equipa

Tivemos a casa cheia nos dois eventos, o nosso escritório lotado não apenas com funcionários da Unbabel, mas também com membros da comunidade tecnológica de Lisboa. E para aqueles que não conseguiram estar presentes, partilhámos as conversas no YouTube.

Quem começa cedo consegue mais conselhos úteis

“Porque é que as conversas Unbabel são de manhã?” podemos perguntar.

Esta é uma pergunta comum, pois a maioria dos eventos com estas características acontecem ao final da tarde. Mas tomámos uma decisão consciente de realizar este eventos pela manhã, por várias razões.

Costumo sentir-me frustrado quando há encontros interessantes a que eu realmente gostaria de assistir depois do horário de trabalho. Isto significa que, para participar nesses eventos, não poderei ir buscar as minhas filhas à escola e não vou poder passar tempo com a minha família. Isto não é algo que deva acontecer.

Portanto, se estas conversas são valiosas para o nosso trabalho e desenvolvimento profissional, por que não fazê-las durante o horário de trabalho?

A Unbabel Talks oferece uma grande oportunidade para aprender com pessoas experientes e talentosas. Se os tópicos que abordamos te interessam, achamos que não deve ser muito difícil convencer o teu chefe a deixar que te juntes a nós. Mas, por precaução, preparamos um exemplo do email que podes utilizar e modificar à vontade:

Caro GERENTE,

Na DATA, a Unbabel vai apresentar o TÍTULO DA Unbabel TALK, como parte da sua série Unbabel Talks, sessões regulares projetadas para aproximar os membros da comunidade tecnológica. Enraizada em exemplos do mundo real, a próxima sessão cobrirá:

– Subtópico # 1
– Subtópico 2

Gostaria de participar na sessão para ampliar os meus conhecimentos na ÁREA e trazer conhecimentos para o nosso escritório.

A palestra será realizada às HORAS, na sede da Unbabel em Lisboa. Adoraria aproveitar a manhã para aprender com o SPEAKER NAME, especialista em CAMPO, com anos de experiência na LIST OF COMPANIES.

Se for da opinião de que poderia ser útil para a equipa, talvez possamos reunir um pequeno grupo.

Também podes assistir à recente sessão de Ricardo Brízido sobre a criação de equipas de engenharia de alto desempenho aqui.

Diz-me o que pensas!

Ah, e mais uma coisa: o pequeno-almoço é por nossa conta.

Portanto, se te parecer bem, junta-te a nós na próxima Unbabel Talk, a 24 de setembro, com John Graham-Cumming, CTO da Cloudflare. Nesta sessão, John discutirá como o Cloudfare transformou a infraestrutura e a segurança da Web; medidas práticas que as empresas podem adotar para manter os seus recursos online seguros; e exemplos proeminentes de falhas na segurança digital ao longo dos anos.

Espero ver-te lá.